Aprenda como cuidar da região dos olhos

Como é mais fina em relação ao restante do rosto, a pele da região dos olhos é muito sensível. Mas não é só por isso que precisa de atenção especial. A constante exposição e o fato de estar sempre em movimento para garantir nossas expressões faciais também justifica a proteção extra. Veja a seguir como fazer isso.

Por que a região dos olhos é tão delicada?

Por movimentar os músculos das pálpebras e estar sempre se contraindo para deixar os olhos piscarem ou permitir que a gente expresse emoções, a região dos olhos é muito requisitada. Por essa constante atividade, é mais suscetível ao aparecimento de rugas e marcas, sendo uma das primeiras partes do rosto a mostrar sinais de envelhecimento.

Além disso, a região dos olhos possui muitos vasos. Isso faz com que a pele absorva potencialmente todos os produtos que você passa no rosto. Ainda que isso possa parecer uma coisa boa, também pode aumentar o risco de alergias e irritações, aumentando a sensibilidade.

Ainda vale lembrar que a região dos olhos é uma das que menos recebe algo essencial nos cuidados com a pele: a proteção solar. Como já comentamos várias vezes, os raios ultravioleta são potencialmente oxidantes, destruindo o colágeno e elastina que dão sustentação à pele. A flacidez é uma das consequências dessa ação nociva.

A seguir, veja quais são os cuidados essenciais com a região dos olhos.

Produtos indicados para a região dos olhos

Antes de tudo, é preciso ter atenção na hora de comprar os cosméticos. A proximidade da região dos olhos com a mucosa ocular pede que você evite os produtos que tenham ácidos ou, de alguma maneira, possam ser irritantes para os olhos.

Os cosméticos antioxidantes (como a vitamina C), hidratantes, clareadores e tensores costumam ser indicados para a prevenção do envelhecimento na região dos olhos. Ainda assim, é preciso ter cuidado na hora da aplicação. Isso também vale para o protetor solar, que costuma causar ardência quando entra em contato com os olhos.

Outro ponto importante sobre a região dos olhos é o uso de demaquilantes. Não são todos os tipos que podem ser aplicados nessa região – tanto que existem produtos que são formulados especificamente para isso. Então, dê preferência a eles quando for comprar. Lembrando: a maquiagem deve ser sempre removida por completo, todos os dias.

Confira a seguir quais são os principais problemas que afetam a região dos olhos e quais os tratamentos que podem ajudar a resolvê-los.

Problemas comuns na região dos olhos

  • Formação de bolsas – pode acontecer pelo acúmulo de líquidos, gerando um efeito de sombra abaixo dos olhos. Dormir pouco, não se alimentar direito e ingerir muito sal e bebidas alcoólicas podem favorecer o problema. Vale rever os hábitos de vida para evitar. As bolsas também podem se formar pelo acúmulo de gordura. Nesse caso, o processo de envelhecimento tem papel imp Portanto, hidratação e proteção solar são medidas de prevenção.
  • Olheiras – costumam ter diferentes origens, desde a deposição de pigmentos escuros da própria pele até a presença de vasos capilares que deixam visível a coloração escura do sangue. Contra esse problema da região dos olhos, costuma ser indicado o preenchimento com ácido hialurônico, que “levanta” a pele, reduzindo o efeito de sombra.
  • Rugas e marcas de expressão – são consequências do envelhecimento natural, mas em algumas pessoas podem aparecer precocemente em função das expressões do rosto. O preenchimento com ácido hialurônico também é interessante nesse caso, especialmente para as rugas mais finas e superficiais. Para as rugas dinâmicas e mais profundas, a aplicação de toxina botulínica costuma ser indicada – inclusive como forma de prevenção.

Você se identifica com problemas na região dos olhos? Fale com a gente! Para mais dicas e novidades em dermatologia, continue navegando no blog!

Leave a reply