Câncer de pele: o que é e como prevenir

Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer da Pele  é mais uma vez organizada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), que integra os trabalhos do movimento “Dezembro Laranja”. Sob o slogan “Se exponha mas não se queime”, a iniciativa deste ano pretende conscientizar e educar as pessoas sobre os riscos do câncer da pele decorrentes da exposição excessiva ao sol sem proteção. Lembrando entretanto que o filtro solar não é o único cuidado contra a radiação ultravioleta.

A mensagem visa atingir, inclusive, quem trabalha sob o sol ou ao ar livre, mas também alerta para a prevenção nos outros momentos – como de lazer – mas serve, certamente, para todos!

Como identificar o câncer de pele

O câncer de pele pode ter o aspecto de uma pinta. Uma pequena alergia ou outras alterações aparentemente benignas da pele. É fundamental fazer periodicamente a avaliação da sua pele, junto ao seu dermatologista, para saber em quais áreas existem esses sinais. Isso fará toda a diferença na hora de detectar qualquer tipo de alteração suspeita, e o dermatologista –juntamente com a consulta e exames complementares–poderá diagnosticar corretamente.

Por esse motivo, além de frequentar periodicamente um dermatologista é preciso proteger-se muito bem do sol.

Acompanhe algumas recomendações importantes:

  • Em primeiro lugar, use chapéus, camisetas e óculos escuros;
  • Evitar a exposição solar entre 10h00 e 16h00 (atenção para o Horário Brasileiro de Verão). Nessa faixa de horário prefira permanecer na sombra;
  • Na praia ou na piscina, use barracas feitas de algodão ou lona, a fim de absorver 50% da radiação ultravioleta. As barracas de nylon formam uma barreira pouco confiável: 95% dos raios UV ultrapassam o material;
  • Use filtros solares diariamente, e certamente não somente em horários de lazer ou diversão com exposição solar. Entretanto, utilize um produto que proteja contra radiação UVA e UVB.  Use um fator de proteção solar (FPS) 30, no mínimo;
  • Reaplique o produto a cada duas horas ou menos, nas atividades de lazer ao ar livre. Ao utilizar o produto no dia a dia, aplique pela manhã e reaplique antes de sair para o almoço;
  • Observe regularmente a própria pele, à procura de pintas ou manchas suspeitas. Contudo,  jamais deixe de consultar seu dermatologista regularmente para um exame e diagnóstico completos.

fonte – veja.com.br

Leave a reply