Aprenda a combater os fatores que incentivam o envelhecimento

A pele é o órgão que mais reflete os efeitos da passagem do tempo. Seu envelhecimento pode ter duas origens: intrínseca (que vem de alterações do próprio corpo) ou extrínseca, que é aquela relacionada ao seu estilo de vida. Nos dois casos, a pele sente efeitos como perda de espessura, ressecamento e flacidez. Conhecendo quais são os principais fatores que incentivam o envelhecimento, você pode se preparar melhor para essa batalha.

Genética

Com o tempo, as células vão perdendo sua capacidade de se multiplicar. Este fenômeno é causado por danos no DNA decorrentes da radiação UV, de toxinas ou da deterioração relacionada à idade. Conforme as células vão perdendo a velocidade ao se replicar, começam a aparecer os sinais de envelhecimento.

Hormônios

Com o passar dos anos, é normal que haja diminuição no nível dos hormônios sexuais e do crescimento e isso acelera a deterioração da pele. Em mulheres, a variação nos níveis de estrogênio durante a menopausa é responsável por mudanças significativas: a renovação celular não acontece como deveria e a pele vai ficando cada vez mais fina.

Muito açúcar no sangue

Quando os níveis de açúcar no sangue estão sempre altos, a barreira da célula sofre lesões que comprometem seu funcionamento. A maior consequência desse processo é o envelhecimento precoce. Aqui, além de manter o diabetes controlado (no caso de quem sofre com a doença), é importante ficar de olho na alimentação e evitar o consumo excessivo e regular de doces em geral.

Radiação solar

A radiação solar causa desde queimaduras até fotoenvelhecimento e aparecimento de câncer da pele. Várias alterações de pigmentação são provocadas pela exposição solar desprotegida, como manchas, pintas e sardas. A pele fotoenvelhecida é mais espessa, às vezes até amarelada, áspera e manchada. Sem contar que apresenta um número de rugas muito maior. Então, já sabe: não desgrude do protetor solar por nada!

Fumar e beber demais

O calor da chama do cigarro e o contato da fumaça com a pele provocam o envelhecimento e a perda de elasticidade. Além disso, o fumo reduz o fluxo sanguíneo da pele, contribuindo para a formação de rugas e de uma coloração amarelada. Já o álcool altera a produção de enzimas e estimula a formação de radicais livres, que causam o envelhecimento.

Radicais livres

Eles se formam dentro das células pela exposição aos raios ultravioleta, pela poluição, estresse, fumo etc. Os radicais livres causam degradação do colágeno (substância que dá sustentação à pele) e acúmulo de elastina, que é uma característica da pele fotoenvelhecida. Além de se proteger do sol e ter bons hábitos de vida, consumir nutrientes dos alimentos é uma forma de combater a ação dos radicais livres.

Quer saber mais dicas e novidades em dermatologia? Tem aqui no blog!

Leave a reply