5 cuidados básicos com a maquiagem no carnaval

Quando a gente fala em maquiagem no carnaval, a primeira coisa que pensa é “quanto mais glitter melhor”. Realmente, quanto mais colorida e divertida for a sua produção, mais divertido fica. Mas, tratando-se de saúde da pele, alguns cuidados precisam ser tomados. Assim, você evita problemas como alergias, cravos e espinhas. Vamos às dicas!

1. Faça um teste alérgico

O risco mais comum do uso de maquiagem é o de reação alérgica. Sintomas como inchaço e vermelhidão não são necessariamente imediatos e podem aparecer até 24h depois da exposição. Por isso, o ideal é que você se planeje e teste os produtos na sua pele com antecedência.

Para isso, aplique no antebraço uma pequena quantidade de tudo o que vai compor a sua maquiagem no carnaval. Se não houver sinal de problema, os produtos estão liberados. Do contrário, risque-os da sua lista. Ah, e se a reação alérgica for intensa ou demorar para passar, converse com um dermatologista.

2. Prepare a pele antes da produção

A maquiagem no carnaval tem que estar preparada para tudo: exposição ao sol, suor, contato com outras pessoas. Para isso, preparar a pele antes de se produzir é essencial.

A recomendação dos dermatologistas é, antes, fazer uma limpeza completa com sabonete próprio para o seu tipo de pele e uma solução micelar ou tônico. Em seguida, vem o mais importante: um filtro solar poderoso, de preferência com cor e FPS de pelo menos 50.

Então, use um bom primer para que a maquiagem fique mais aderida à pele e solte a imaginação para finalizar a produção.

3. Aposte nos veículos certos

Considerando que carnaval tem muito calor e suor envolvidos, os produtos à prova d’água são os mais indicados para a sua produção. Assim, você corre menos risco de a maquiagem escorrer ou parar dentro dos olhos, causando irritação.

Vale observar se o veículo do cosmético é oil-free. Além de dar mais aderência à pele em comparação com os veículos cremosos, esse tipo de produto ainda pode dar um brilho a mais na sua produção.

4. Itens de papelaria não são maquiagem

Pensando em evitar reações alérgicas e outras complicações, a maquiagem no carnaval não deve incluir itens de papelaria. Estamos falando de pincéis anatômicos, tinta guache e sprays em geral.

Esses produtos não são próprios para aplicação na pele e podem causar sintomas como coceira, vermelhidão, ardência e descamação da pele. Os olhos também podem sofrer as consequências, dependendo de onde esses itens forem aplicados.

Assim, opte sempre por maquiagens aprovadas dermatologicamente e que, claro, estejam dentro da validade e sejam de uso particular. Você sabia que compartilhar cosméticos também pode trazer risco de contaminação e alergias?

5. Glitter não pode faltar? Então, atenção

Glitter, purpurina, lantejoulas e tudo o que brilha. É disso que a maquiagem no carnaval é feita, certo? Sim, mas não é qualquer produto desse tipo que você pode aplicar na pele.

O ideal é que você aposte em cosméticos com brilho para ter o mesmo efeito. Se não for possível, saiba que existe um tipo de glitter que é próprio para ser usado na pele e, geralmente, é hipoalergênico e biodegradável. Além de oferecer menos risco para a sua saúde, esse produto não agride o meio ambiente.

Aqui, vale mais um alerta. Como glitter, lantejoula e purpurina são adereços que normalmente ficam guardados por muito tempo, observe a validade do produto e descarte os itens se já tiverem passado do prazo.

Retire tudo depois!

Acabou a folia, hora de retirar toda a maquiagem e dormir com a pele limpinha. Como a produção pode envolver muitos produtos, é preciso fazer isso com um pouco mais de cuidado, especialmente na área dos olhos.

Os produtos mais indicados para o ritual são os oleosos, como demaquilante bifásico e óleo de coco. Eles facilitam a remoção até do glitter mais insistente.

Uma vez retirada toda a maquiagem, lave o rosto com um sabonete específico e aplique um hidratante leve com ativos calmantes, como camomila, por exemplo. Depois, é só começar tudo de novo no dia seguinte.

Teve alguma complicação com maquiagem? Fale com a gente! Para mais dicas e novidades em dermatologia, continue navegando no blog!

Leave a reply